Tailored dialysis

Tailored dialysis, tailored diet and weight loss in obese patients: three challenges at the same time

Realizado com a colaboração dos médicos: Giorgina B. Piccoli, Martina Ferraresi, Irene Moro, Gerardo Di Giorgio, Federica N Vigotti:

SS Nephrology and Dialysis, San Luigi Gonzaga Hospital, Orbassano (TO)

 

INTRODUÇÃO

O pressuposto inicial era de que a obesidade é um importante fator de risco  em hemodiálise, afeta negativamente o resultado do transplante de rim e que pacientes obesos não são admitidos uniformemente nas listas de espera para transplante renal. A perda de peso é um ponto crítico em diálise, devido ao importante impacto metabólico de um estado de hipercatabolismo.

Os pacientes em diálise constituem um grupo de pessoas com condições metabólicas muito delicadas, em que os principais mecanismos de homeostase são alterados e, em alguns casos, esgotados. Portanto são pacientes que facilmente sofrem de alterações metabólicas depois de qualquer variação no estilo de vida e hábitos alimentares.

Por outro lado, exatamente devido a essa fragilidade, são pacientes monitorados de perto do ponto de vista de exames de sangue realizados durante as sessões de diálise, em que também é possível fazer as correções necessárias a fim de evitar ou impedir a manifestação de problemas de saúde associados a qualquer desregulação metabólica.

Assim, o uso deste novo regime alimentar, livremente escolhido pelo próprio paciente, apresentava riscos potenciais muito limitados graças à supervisão e monitorização contínua feita pela equipe médica altamente qualificada.

Os objetivos eram:

  •  Verificar se o Programa Alimentar Bioimis era eficaz na redução do peso corporal nesse grupo de pacientes;
  •  Verificar se a perda de peso obtida dessa maneira não causava alterações metabólicas significativas ou arriscadas em termos de saúde.

MÉTODOS

Os três pacientes escolheram de livre e espontânea vontade participar do programa Alimentar Bioimis e começaram o novo regime alimentar seguindo a mesma orientação de todos os outros usuários.

A equipe da Bioimis, como de regra, registrava as mudanças das medidas de interesse e devolvia os menus para os dias seguintes.

A hemodiálise foi ajustada em pelo menos 15 ml/min da equivalente função renal, e aplicada em sessões variáveis por paciente de 2 a 6. Em cada sessão eram registrados todos os parâmetros normalmente registrados em sessões de diálise.

O período de observação foi aquele do programa "Forma Ideal" de cada usuário, que variava de dois a seis meses, dependendo de quantos quilos deviam perder.

RESULTADOS

Paciente 1: homem de 49 anos, perda total de 18 kg, passando de um IMC de 31,7 a 25,5. Os valores de creatinina, sódio, hemoglobina, cálcio e fosfato permaneceram constantes, o PTH foi gradualmente diminuindo. Dados do exame de sangue pré e pós diálise: hemoglobina 11.7-10.8 g/dl, sódio 136-137 mmol/L, potássio 4.6-5.8 mmol/L, cálcio 2.62-2.51 mmol/L, fosfato 5.9-4.1 mg/dl, paratormônio 869-72 pg/ml. Neste caso, a redução de peso permitiu inserir o paciente na lista para o transplante de rim.

Paciente 2: homem de 42 anos, perda de peso geral de 14 kg, IMC de 39,9 a 34,7 em três meses. Hemoglobina, sódio, cálcio e fosfato constantes durante todo o período de observação. Dados do exame de sangue pré e pós diálise: hemoglobina 11.7-12.4 g/dl, sódio 138 mmol/L, potássio 4.9-5.4 mmol/L, cálcio 2.55-2.53 mmol/L, fosfato 7-5.1 mg/dl, paratormônio 887-537 pg/ml.

Paciente 3: homem de 56 anos, perda de peso de 18 kg, com IMC passando de 37,5 a 31,4 em 6 meses. Parâmetros químicos do sangue estáveis, com exceção do paratormônio, que no final do programa era inferior a 1/3 dos valores iniciais. Dados do exame pré e pós diálise: hemoglobina 12.1 g/dl, sódio 140-138 mmol/L, potássio 4.9-5.4 mmol/L, cálcio 2.34-2.16 mmol/L, fosfato: 4.6-4.1 mg/dl, paratormônio 1718-455 pg/ml.

CONCLUSÕES

Em conclusão, todos os três pacientes perderam peso sem impacto significativo sobre os parâmetros químicos do sangue monitorados. Além disso, nessas pessoas não foram necessários ajustes particulares na diálise. Sendo assim, o Programa Alimentar Bioimis se mostrou eficaz e seguro do ponto de vista da saúde dos seus participantes, embora fossem pacientes frágeis do ponto de vista metabólico devido às patologias básicas. Um resultado inesperado foi a tendência de redução do PTH em todos os três casos: sem dúvida um fator positivo, mas que merece outros controles e investigações.

Como resultado desta colaboração, tendo em conta os resultados promissores e os benefícios em termos de perda de peso obtidos nos três pacientes, foi preparado um novo protocolo de estudo, em uma escala mais ampla, que já recebeu a aprovação do comitê ético do hospital de referência e neste momento se encontra em fase de recrutamento.

 

 

Escolha país x

Escolha o seu país ou a sua nação

  • Österreich
  • Australia
  • Brasil
  • Canada
  • Canada (Français)
  • Schweiz
  • Suisse (Français)
  • Svizzera (Italiano)
  • Deutschland
  • España
  • France
  • Great Britain
  • Usa
  • Usa (Español)

Escolha pelo menos um país ou uma nação

Confirmar